Você adora os filmes de Harry Potter? Sonha em estudar em Hogwarts, mesmo que seja pela internet? Então está no lugar certo! Entre e divirta-se!
 
InícioPortalMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Corujal de Hogwarts

Ir em baixo 
AutorMensagem
Demetria Pallas McBride

avatar

Mensagens : 290
Idade : 15
Localização : Inglaterra, Londres | Castelo McBride | Hogwarts
Data de inscrição : 03/04/2012

MensagemAssunto: Corujal de Hogwarts   Qua Maio 14, 2014 6:15 am

Torre do Corujal

Localizado na Torre Oeste do castelo de Hogwarts, o Corujal é uma sala circular revestida de pedra, onde nenhuma das janelas possui vidro, o que a torna um tanto fria. O chão fica coberto por palha e carcaça de animais mortos, e várias corujas ficam empoleiradas, dormindo ou não. Abriga as corujas do castelo, tanto as que pertencem à propriedade como corujas pessoais dos professores, funcionários e alunos. Há escadas circularem que levam à patamares mais altos da torre, sendo acessível assim, subir mais andares até alguma determinada coruja.

***
DEMETRIA LOUISE VICTORIA HUFFLEPUFF PALLAS MCBRIDE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Océane L. Bittencourt

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Marseille, France - Hogwarts, United Kingdom
Data de inscrição : 16/04/2016

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Qui Dez 21, 2017 2:15 am

Corujal de Hogwarts
Era o primeiro dia de Océane em Hogwarts, e ela havia acordado bem cedo naquela manhã. Antes de chegar à escola britânica, a garota estudava em Beauxbatons, na França, portanto teria que se acostumar com o idioma diferente e também com a cultura do novo país. Ainda não sabia muito sobre a escola, e tampouco conhecia os lugares do imenso castelo, mas havia ouvido algo sobre o Corujal de Hogwarts, o local em que todas as corujas do castelo ficavam. A garota precisava mandar uma carta para seus familiares contando sobre sua chegada à Hogwarts. Só não sabia como chegar até lá.

Océane não era uma garota tímida, mas como ainda não estava totalmente adaptada ao local, sentiu-se um pouco envergonhada ao perguntar para um menino que estava na Comunal da Lufa-Lufa se ele sabia. — Com licença, você sabe como faz para chegar ao Corujal? — Océane perguntou com um forte sotaque francês, sentindo as bochechas corarem levemente. — Muito Obrigada. — Agradeceu após ouvir atenciosamente as instruções que lhe foram dadas. Sorriu de forma simpática para o lufano e saiu da Comunal, rumo ao Corujal.

[...]

Seguiu corretamente todo o percurso até o Corujal, parando algumas vezes pelo caminho para pedir uma ou outra explicação. Quando finalmente chegou ao local não pôde evitar de torcer o nariz, afinal o cheiro ali não era dos melhores. O que era totalmente compreensível, graças ao grande número de corujas que estavam ali. Mas aquilo era o que menos importava, ela estava ali para mandar uma carta aos seus pais e também para ver sua coruja de estimação. — Belle!— Océane afagou gentilmente as penas no topo da cabeça do animal, quando este voara até ela. — Quero que mande essa carta para mamãe e papai. —  Colocou o envelope selado no bico da coruja, observando enquanto ela voava até seu destino com a carta.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Élodie B. Charbonnier

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Liverpool, Inglaterra - Hogwarts
Data de inscrição : 11/07/2014

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Qui Dez 21, 2017 6:30 pm


O dia estava cinzento e uma gélida lufada de vento bagunçou os fios cuidadosamente arrumados da grifina, que tentava em vão colocá-los no lugar. O inverno já havia chegado, e com ele aproximava-se o Natal, a época favorita da garota, que costumava comemorar com toda sua família em Montréal, no Canadá. Mas naquele ano seria diferente, teria que se contentar em ter apenas a presença de suas duas irmãs.

Élodie chegara a pouco tempo em Hogwarts. Anteriormente, estudava em Ilvermorny, a escola de magia dos Estados Unidos. Mas assim como suas irmãs, decidira mudar de ares e estudar na escola da Grã-Bretanha.

Havia prometido ao pai e a mãe que enviaria uma carta contando sobre sua chegada e a das irmãs. Desenrolou um pedaço de pergaminho que estava no bolso de seu casaco, e pegou uma caneta que estava próxima a ele. Élodie preferia escrever com canetas do que com penas, pois achava muito mais prático. Começou a escrever a carta contando sobre sua chegada à escola, sobre as irmãs e também sobre sua seleção para a Grifinória. Sentia saudades dos pais e assim que terminou de escrever, chamou uma coruja para que esta levasse a carta.

Logo notou que não estava sozinha ali, além dela havia uma outra garota no local. Tinha mais ou menos a mesma idade dela, e parecia ser bem próxima da coruja que estava perto dela. O que Élodie presumiu que fosse seu animal de estimação. Observou a coruja da garota ir embora com uma carta em seu bico, enquanto a que estava com a carta de Élodie partiu logo em seguida. Desejou que a carta fosse entregue o mais rápido possível, se não seus pais ficariam preocupados com ela.

Aproximou-se da garota, com o intuito de talvez fazer uma nova amizade. Afinal as únicas pessoas que conhecia em Hogwarts eram suas irmãs, sua melhor amiga Lettice, e um ou outro grifino.  — Olá, me chamo Élodie, e você? Sorriu de forma simpática, estendendo a mão para a garota enquanto esperava a resposta da mesma.


+ tagAn unknown girl
BY MITZI
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicholas Wittels. McBride

avatar

Mensagens : 17
Idade : 15
Data de inscrição : 06/08/2013

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Sex Dez 22, 2017 12:56 am


O final do ano letivo ficava cada vez mais próximo, com isso, era necessário mandar cartas para os familiares. Nicholas saiu da Comunal da Corvinal, enquanto cumprimentava outros corvinos que passavam por ali, e caminhou até o Corujal da escola. Fazia mais frio que o de costume, afinal já era inverno, e o garoto rapidamente arrependeu-se de ter saído com um casaco leve, deveria ter vestido algo que o aquecesse melhor. Esfregou as mãos uma na outra com a intenção de se aquecer. Além dele haviam também outras duas meninas, que ele nunca havia visto antes. Supôs que deveriam ser novatas, pois conhecia a maioria dos alunos do castelo.

Pegou uma carta que estava no bolso do casaco, e caminhou até uma familiar coruja, que não era sua, mas sim de sua prima Eileen. A garota ficaria brava se soubesse que ele usou sua coruja para entregar cartas que eram dele. Mas o que podia fazer, se não tinha uma coruja de estimação, a única saída era usar a de seus familiares. Depois aviso à ela. Pensou consigo mesmo enquanto entregava a carta para o animal. Não queria arrumar encrenca com Eileen, ela amava aquela coruja. — Você já sabe onde entregar isso, e volte logo. — O corvino fez uma leve carícia na coruja, antes da ave partir com a carta em seu bico afiado.

Permaneceu ali olhando a vista que o local propiciava, era muito bonito, e um ótimo lugar para passar o tempo, apesar do cheiro não tão agradável. Nicholas não pôde deixar de pensar no desaparecimento da prima Demetria e da amiga Katherine. Sabia que as duas já haviam sido encontradas, junto com as outras duas herdeiras. Mas não deixou de ficar preocupado com o acontecido.

Ele não tinha ideia do que acontecera com as garotas enquanto estavam desaparecidas, mas sabia de uma pessoa que provavelmente sabia. Sua prima Eileen era uma clarevidente, e ele perguntaria a ela depois que saísse dali, além é claro de se desculpar com a mesma por ter pego sua coruja emprestada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Océane L. Bittencourt

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Marseille, France - Hogwarts, United Kingdom
Data de inscrição : 16/04/2016

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Sex Dez 22, 2017 2:11 am

Corujal de Hogwarts
Océane sentia saudades de Beauxbatons, da França e de seus amigos. Esperava se adaptar o mais rápido possível a nova escola e fazer novas amizades ali. Estava entretida observando sua coruja voar pelos domínios de Hogwarts até finalmente desaparecer, que mal notou que não estava mais sozinha. Uma menina que provavelmente tinha a mesma idade que Océane estava ali, e viera falar com ela. Sorriu alegre por ter uma companhia e apresentou-se, apertando a mão da garota que estava estendida.  — Me chamo Océane. — Élodie era o nome da garota, um nome francês, logo percebeu. — Você também é francesa? — Perguntou com o seu costumeiro sotaque francês que deixava bem claro de onde vinha. A outra menina não tinha o mesmo sotaque que ela. Talvez ela já esteja aqui a mais tempo que eu.

De que casa você é, Élodie? — A francesa estava curiosa para saber de que casa ela era. Seria ótimo se também fosse uma lufana, mas Océane não ligava para a casa que as pessoas vinham. Tinha perguntado apenas para saber se seriam companheiras de casa. E mesmo que não fossem, sentia que poderia ter uma grande amizade com a outra.

Além delas havia também uma terceira pessoa no Corujal, tratava-se de um garoto loiro que parecia estar perdido em seus pensamentos. Océane pensou em falar com ele também a princípio, mas não queria incomodá-lo então apenas o observou de longe.



Última edição por Océane L. Bittencourt em Dom Dez 24, 2017 1:40 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Élodie B. Charbonnier

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Liverpool, Inglaterra - Hogwarts
Data de inscrição : 11/07/2014

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Sex Dez 22, 2017 9:48 pm


A garota a quem Élodie havia apresentado-se, chamava-se Océane. Era um nome diferente, mas muito bonito também. Sabia que era um nome de origem francesa assim como o seu, a diferença era que Élodie era canadense, e não francesa como a garota. — Na verdade, sou canadense, de Montréal. A menina que provavelmente havia suposto que Élodie era francesa como ela, baseada em seu nome. — Montréal fica na província de Québec, e faz parte do ''lado francês'' do Canadá. Explicou melhor para a garota o motivo de seu nome de origem francesa.

Sou da Grifinória, e você? Diferentemente de suas outras duas irmãs Éarine e Étoile que foram selecionadas para a Corvinal e Sonserina respectivamente, Élodie fora selecionada para a casa de Godric Gryffindor. Ela e as irmãs tinham personalidades diferentes uma da outra, mas ao mesmo tempo tinham muito em comum.

Estava entretida na conversa com Océane, mas não deixou de perceber que não estavam mais sozinhas ali. Um menino que entregava sua carta para uma coruja também estava no local. Élodie sabia que era muito comum nessa época do ano, os alunos mandarem cartas a seus parentes. Quando estava em Ilvermorny também costumava mandar cartas para sua família, com excessão de que ela mandava cartas para avisar que estava voltando para casa. O que não era o caso dela dessa vez, já que iria passar o fim de ano no castelo com suas irmãs.

Notou Océane olhando para o garoto. Ele parecia bem pensativo e estava sozinho. —  Vamos falar com ele. Pegou a mão da garota e foram até ele. Élodie adorava fazer novas amizades e conhecer pessoas, e não exitava em tomar a iniciativa se fosse preciso. — Oi, meu nome é Élodie e o dela é Océane. Sorriu de forma simpática para o garoto e estendeu a mão, assim como fizera quando se apresentou primeiramente à Océane.


+ tagOcéane and an unknown boy
BY MITZI
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicholas Wittels. McBride

avatar

Mensagens : 17
Idade : 15
Data de inscrição : 06/08/2013

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Sab Dez 23, 2017 1:04 am


Nicholas estava tão concentrado em seus pensamentos e na bela vista que o corujal proporcionava que mal percebera que as outras duas garotas que estavam conversando entre si em um canto, agora estavam ali onde ele estava. — Me chamo Nicholas, mas pode me chamar de Nico. — Sorriu para as duas e apertou gentilmente a mão da que se apresentara como Élodie, enquanto deu um leve aceno com a cabeça para a que só poderia ser Océane. Élodie pareceu ser mais extrovertida e espontânea, enquanto Océane parecia ser mais quieta e tímida. Essa pelo menos foi a primeira impressão que teve das duas, não sabia se elas eram sempre assim.

Aqueles eram nomes franceses, ele percebeu. Talvez elas sejam intercambistas ou apenas se transferiram para Hogwarts. Pensou consigo mesmo vendo que aquilo fazia total sentido, já que nunca tinha visto as duas garotas pelo castelo. — Vocês duas são daqui? Digo, do Reino Unido? — Tanto Élodie quanto Océane aparentavam ter mais ou menos a mesma idade que Nicholas, então provavelmente não eram primeiranistas. A hipótese sobre elas serem de outra escola fazia muito mais sentido para ele.

O corvino também não era um nativo do Reino Unido. Havia nascido na Alemanha, e recebera cartas tanto de Hogwarts quanto de Durmstrang, mas optou finalmente pela escola de magia britânica. Um dos motivos para sua escolha tinha a ver com o fato de Durmstrang ensinar artes das trevas para seus alunos, e ele não queria aprender esse tipo de coisa. Então mudou-se com sua família não para o Reino Unido, mas sim para a Irlanda que ficava bem próxima do país.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Océane L. Bittencourt

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Marseille, France - Hogwarts, United Kingdom
Data de inscrição : 16/04/2016

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Dom Dez 24, 2017 1:32 am

Corujal de Hogwarts
Océane havia pensado que Élodie era francesa assim como ela, mas havia deixado de lado o fato de que várias outras nações foram antigas colônias francesas. Uma dessas colônias era o Canadá, que era de onde a garota viera. E logo tratara de dar uma pequena aula de geografia para a francesa, que não tinha tal matéria como um dos seus fortes.

Sabia que alguns de seus familiares já foram alunos de Hogwarts, e a maior parte deles foram selecionados ou para a Lufa-Lufa, ou para a Grifinória, que era a casa de Élodie e também de seu irmão gêmeo, Gaël. — Lufa-Lufa. — Respondeu com um sorriso quando Élodie, a perguntara sobre sua casa.  E não deixou de reparar que a Lufa-Lufa tinha muito em comum com sua antiga casa em Beauxbatons, a Paxllité. Océane achava que  isso tenha sido um dos fatores determinantes para ser selecionada para a Lufa-Lufa.

Foi surpreendida quando Élodie sugeriu que fossem falar com o garoto loiro que também estava ali. Ela não tinha a intenção de incomodá-lo, já que este parecia muito pensativo onde estava. Mas a grifina não exitou e pegou Océane pela mão, a conduzindo até onde ele se encontrava. O garoto só percebeu a presença das duas ali, quando Élodie puxou assunto, as apresentando ao garoto que atendia pelo nome de Nicholas. Océane notou as bochechas corando levemente quando ele acenou para ela, que retribuiu com um pequeno sorriso tímido. — Eu sou da França, e estudava em Beauxbatons. — A lufana falou com seu forte sotaque francês, quando Nicholas perguntara as duas se elas eram do Reino Unido.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Élodie B. Charbonnier

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Liverpool, Inglaterra - Hogwarts
Data de inscrição : 11/07/2014

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Seg Dez 25, 2017 4:18 am


Océane era da Lufa-Lufa, e Élodie não pôde evitar de sorrir ao saber disso. Já ouvira muitas coisas positivas sobre os alunos dessa casa. Não que ela tivesse algum preconceito baseado no que muitas vezes era dito sobre alunos que eram selecionados para certas casas, como a Sonserina, por exemplo. Élodie sabia que nem sempre aquilo se aplicava a todos, e exceções sempre existiam. Sua melhor amiga Lettice era da Sonserina, e era extremamente simpática e leal, assim como sua irmã mais velha, Étoile.

Nicholas era o nome do garoto loiro o qual ela apresentara a si e a francesa com a intenção de talvez fazer mais uma nova amizade. Ficou feliz por ele ter respondido, já que primeiramente pareceu meio distante e pensativo.

Eu sou canadense, e era estudante de Ilvermorny. Élodie respondera quando Nicholas havia perguntado se elas eram do Reino Unido. Océane dissera que estudava em Beauxbatons antes de vir para Hogwarts.

E você, Nico? É daqui? A grifina perguntou querendo saber se ele também era um estrangeiro assim como ela e a lufana.


+ tagOcéane and Nicholas
BY MITZI
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicholas Wittels. McBride

avatar

Mensagens : 17
Idade : 15
Data de inscrição : 06/08/2013

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Seg Dez 25, 2017 5:07 am


O palpite de Nicholas estava em parte certo. Océane era mesmo francesa, como ele suspeitava, e estudava em Beauxbatons. Se bem que seu sotaque deixava isso bem claro. Já Élodie era canadense e estudava em Ilvermorny, a escola de magia dos Estados Unidos, a qual ele não sabia tanto sobre.

Eu nasci na Alemanha, mas moro na Irlanda desde que comecei a estudar aqui. — O corvino morava na Irlanda desde os seus 11 anos de idade, quando mudou-se com sua família para estudar em Hogwarts. Antes disso, estudava em uma Pré-escola mágica da Alemanha.

Eu sou da Corvinal e vocês, meninas? — Perguntou interessado em saber de qual casa elas eram.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Océane L. Bittencourt

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Marseille, France - Hogwarts, United Kingdom
Data de inscrição : 16/04/2016

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Seg Dez 25, 2017 6:02 am

Corujal de Hogwarts
Élodie estudava em Ilvermorny antes de vir para Hogwarts. Fazia sentido absoluto, visto a proximidade de seu país natal, o Canadá para os Estados Unidos, onde a escola ficava localizada. Já Nicholas nascera na Alemanha e mais tarde mudara-se para a Irlanda com sua família, quando começou a estudar em Hogwarts.

Eu sou da Lufa-Lufa, e a Élodie é da Grifinória. — Sorriu fazendo o mesmo que a grifina fizera quando as apresentou a Nicholas que era da Corvinal. Océane sentia-se agora muito mais a vontade à medida que conversava com os dois. No começo estava um pouco tímida por não conhecê-los tão bem. Principalmente Nicholas, o qual inicialmente sentiu-se receosa em relação, já que o mesmo encontrava-se meio distante, e ela não tinha certeza se ele iria conversar com elas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Élodie B. Charbonnier

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Liverpool, Inglaterra - Hogwarts
Data de inscrição : 11/07/2014

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Ter Dez 26, 2017 2:06 am


Nicholas também era estrangeiro. Havia nascido na Alemanha, mas mudou-se para a Irlanda, que ficava mais próxima de Hogwarts. Élodie ficara feliz com o fato de ter conhecido mais um estrangeiro na escola. Ela estava gostando bastante do Reino Unido, e conhecer pessoas que vinham de outros países a deixava confortável com sua adaptação.

O loiro perguntara de qual casa ela e Océane eram, mas Élodie não precisou responder, pois a lufana respondera pelas duas. Nicholas era da Corvinal assim como sua irmã Éarine.

Élodie percebera que a francesa parecia mais solta, e ficou feliz por vê-la interagindo com mais entusiasmo. Adorou conhecer a ela e ao corvino, mas percebeu que já estava ficando tarde e teria que ir logo. — Adorei conhecer vocês dois, mas infelizmente tenho que ir. A grifina despediu-se dos dois, esperando vê-los novamente e saiu dali.


+ tagOcéane and Nicholas
BY MITZI
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicholas Wittels. McBride

avatar

Mensagens : 17
Idade : 15
Data de inscrição : 06/08/2013

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Ter Dez 26, 2017 2:45 am


Océane dissera que ela era da Lufa-Lufa e Élodie da Grifinória. A lufana respondera por ela e pela grifina, o que surpreendeu Nicholas um pouco, já que ela parecia mais quieta. Observou o corujal e acabou se dando conta de que já era tarde. E por mais legal que a conversa estivesse, ele teria que ir, pois precisava falar com a prima Eileen. Élodie já havia se despedido, e ele logo fez o mesmo. — Eu também tenho que ir, espero ver vocês depois. — Sorriu gentilmente para as duas garotas e saiu dali para procurar sua prima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Océane L. Bittencourt

avatar

Mensagens : 14
Idade : 15
Localização : Marseille, France - Hogwarts, United Kingdom
Data de inscrição : 16/04/2016

MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   Ter Dez 26, 2017 3:15 am

*Océane despediu-se dos novos coleguinhas e saiu dali também. -q*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Corujal de Hogwarts   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Corujal de Hogwarts
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hogwarts Onn :: O Castelo :: Torres-
Ir para: